Luz



Índia


Vyasadeva
Compilador dos Vedas

 

A Versão Védica

 

por Krishna Kirtan

 

"A Índia, é o berço da raça humana, o lugar de nascimento da expressão humana, a mãe da história, a avó da lenda, e a bisavó da tradição. Nossos conhecimentos mais valiosos e mais instrutivos na história do homem estão guardados na Índia, apenas."

 

—Mark Twain, autor americano

 

Os fatos são os fatos, e eles deveriam falar por si mesmos. Estudos sinceros demonstram de uma forma ou de outra que a história da civilização deste planeta Terra tem suas raízes centradas na Índia: o berço político e cultural da civilização do mundo antigo.

 

De uma visão histórica e acadêmica observamos que a cultura chinesa e outras civilizações antigas são também interessantes. Porém a Índia era sem dúvida, e tem sido por milhares de anos, o centro político e cultural da civilização da antiguidade, assim como Roma ou Grécia em suas épocas eram consideradas centros culturais e políticos do mundo ocidental. Não negamos a existência de outras culturas antigas, porém devemos simplismente observar e dar o devido crédito onde é devido. Muito se sabe sobre o Egito ou Grécia mas não o suficiente é conhecido sobre a Índia, a mãe e o pai de todas as culturas.

 

Considere:

 


Sânscrito

1. IDIOMA: O idioma sânscrito é conhecido por estudiosos e lingüistas por ser o idioma registrado mais antigo do mundo. Nestes textos escritos em sânscrito sobre a super-antiguidade, datados de 3.000 anos antes de Cristo, se encontra o corpo mais incrível de conhecimento, abrangendo todos os temas imagináveis. E não é somente um grande livro, são vários e vários livros; todos eles de uma forma ou de outra corroborando o conhecimento um do outro, mesmo quando falando sobre tópicos diferentes. Isso demonstra o grande valor acadêmico e de conhecimento existente na Cultura Védica.

 

2. CULTURA: Qualquer curioso que se atreva a mergulhar na Cultura Védica com certeza nunca mais volta a ser o mesmo. É uma cultura vasta e incrível. Tão maravilhosa e inebriante é a vastidão e profundidade da Cultura Védica e o que ela tem para oferecer e ensinar a humanidade, que devemos pelo menos considerar o assunto. Contida nela está arquitetura, culinária, medicina, matemática, astronomia, astrologia, conduta moral, filosofia, espiritualidade, história, leis para governar, e até mesmo sexo; juntamente com explicações intrínsicas de todos e quaisquer assuntos de interesse relevante. Existe carência e uma certa urgência no mundo para que este conhecimento sobre a Índia e a Cultura Védica seja divulgado em sua digna e autêntica forma.

 


Autencidade Acadêmica

3. AUTENTICIDADE: Como não há como negar a própria existência desses escritos védicos magníficos, muitos filósofos modernos e comentaristas as vezes tentam explicar eles através de mera especulação e adivinhação. Tais assim chamados acadêmicos tem publicado seus comentários e livros sobre tais textos, misturando suas limitadas interpretações individuais com traduções menos legítimas dos textos originais, e adicionando suas idéias e compreensões errôneas.

 

A linha Gaudiya Vaishnava no entanto, apresenta este conhecimento da forma mais autêntica: como ela é, literalmente.

 

Ao se observar o grande trabalho acadêmico espiritual de A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, agora traduzidos para mais de 50 idiomas, observamos que ele fez questão de traduzir cada verso individualmente do sânscrito original, e então publica o livro com o sânscrito original (devanagari), a transliteração latina do verso, a tradução intacta do verso, e então seu belo comentário completamente separado da tradução do verso. Ele até chegou a dar a tradução palavra-por-palavra de cada verso para que estudantes curiosos possam examinar tudo. De um ponto de vista acadêmico, ou simplesmente de um ponto de vista moral, isto é honestidade, isto é autêntico.

 

4. CRISTIANISMO: Estudos históricos demonstram que o próprio Jesus Cristo viveu na Índia por vários anos antes de pregar o seu evangélio. Ele tentou ensinar assuntos elevados de maneira simples, para que o povo bárbaro de sua época pudesse entender — muitas vezes usando parábolas—, porém mantendo a mesma essência espiritual divina. Esses ensinamentos originais puros de Jesus Cristo inclui a reincarnação, que pelo que entendemos agora, foi simplismente retirado da bíblia por líderes eclesiásticos.

 

Então que em algum momento devemos estar prontos para analizar a visão Védica do mundo e tudo que está associado à ela. É um estudo muito interessante que pode nos ajudar a compreender a beleza cultural e o valor histórico verdadeiro da Índia.

 

5. FILOSOFIA: Quanto realmente sabemos sobre Platão e Sócrates? Entendemos que eles foram pessoas com grande influência na área da filosofia em nossa sociedade ocidental, porém é interessante de ver que mesmo pessoas como eles estão tendo suas compreensões baseadas na filosofia do oriente, mais especificamente da Índia. De onde mais poderiam eles começar a compreender assuntos filosóficos e existenciais tão profundos?

 

"[...] O que é único sobre os livros da Índia é que eles foram escritos no idioma sânscrito, idioma que não tem se degradado ao longo do tempo de qualquer forma significativa; diferentemente de outras religiões e caminhos espirituais e corpos de conhecimento, que foram escritos em línguas que muitas vezes tornaram-se obsoletas ou não são mais claramente compreendidas. Então que, o tesouro de conhecimento de que eu estou falando tem suas origens precisamente em milhares e milhares de anos. Essa literatura contém os entendimentos precisos dos antigos e ainda está sendo transmitida pelos professores tradicionais na Índia para o mundo moderno.

 


Pitágoras

Se sabe que os avanços dos gregos em conhecimento tem afetado nosso mundo por uns bons 2.000 anos até agora. Sócrates, o famoso filósofo grego, foi o professor de Platão. Sócrates é claro, alega ter sido iluminado pelos ensinamentos de Pitágoras, que o precedeu em 200 anos. Também é historicamente conhecido e deve ser lembrado que Pitágoras estudou na Índia, ele era um vegetariano, algo praticamente desconhecido em qualquer outro lugar no ocidente, e aprendeu a filosofia da Índia e ensinou tal conhecimento na Grécia.

 

Então, se estamos a aceitar o ditado bem conhecido no meio acadêmico que 'a filosofia ocidental é simplesmente as notas de rodapé de Platão', então é lógico dizer que o conhecimento da Índia veio vazando para a nossa cultura já há milhares de anos. Que isto não é compreendido abertamente é uma vergonha, porque tal fato é ao mesmo tempo extremamente interessante e é um aspecto enorme de nossa herança humana. As religiões abraâmicas no entanto, especialmente o Islã e o Cristianismo, têm sido muito resistentes a essa idéia por causa de suas próprias agendas institucionais. Assim, o conhecimento da Índia que vazou para outras culturas, muitas vezes tem permanecido oculto ou foi simplesmente incorporado no pensamento ocidental, sem dar qualquer crédito para a Índia.

 

Os chamados "transcendentalistas" americanos — Emerson e Thoreau et cetera — são um pequeno exemplo disso. Hoje — e nos últimos 100 anos, e talvez especialmente nos últimos 50 anos — a influência da Índia antiga está sendo revelada com pleno vigor e clareza.

 

A compreensão de como nós comemos e como vivemos em nossos corpos também é vital para a filosofia Védica. É também um ponto de vista da promoção da biodiversidade, tanto pessoal e também de forma sustentável. [...] "

 

—Jeffrey Armstrong, [entrevista]

 

6. HISTÓRIA: Pequenos fatos históricos são também interessantes de se observar. Alexandre o Grande por exemplo, tentou conquistar o mundo, mas quando ele chegou na Índia ele se deparou com uma cultura tão fora de série e um exército tão grande e feroz, que o próprio Alexandre ficou completamente perplexo. Por exemplo, era a primeira vez que ele tinha visto elefantes sendo usados em combate, enquanto continuava a encontrar tantas coisas novas e fantásticas sobre a Índia. Ele não apenas encontrou uma cultura rica e viva, mas também teve que aceitar sua insignificância perante a requintada grandeza da visão Védica e magnifica das coisas, da primorosa e elaborada riqueza de afazeres cotidianos, compreensão da vida, do mundo, e até mesmo do universo — tudo muito oposto de uma cultura primitiva que ele provavelmente preferiria talvez não ter encontrado. Pequenos fatos deste tipo apenas começam a demonstrar o verdadeiro valor cultural da Índia, e nos faz considerar mais uma vez sobre todas as grandes mistas teorias especulativas e enganosas que são ensinadas sobre a Índia pelo sistema da assim chamada educação-Ocidental moderna.

 

7. SAÚDE: O cuidado com a saúde é indispensável para qualquer ser humano e é também algo naturalmente universal. Ayurveda é a ciência original de medicina: pura, completa e eficaz. A visão holística e natural dessa ciência se basea primeiramente em princípios preventivos e de cura, onde o equilíbrio do corpo e a saúde de um individuo como um todo é levado em consideração — o estado físico equilibrado constante de um indivíduo é de grande importância, ao mesmo tempo que o estado mental e psicológico é também dado atenção especial. Tudo isso junto é levado em consideração toda-inclusiva, e cuidados especiais e específicos são então aplicados. Enfim, uma ciência pura e completa de medicina integrada.

 


Tratamento Ayurvédico


Vata | Pitta | Kapha


Cozinha Ayurvédica

 

AS 8 DIVISÕES DE AYURVEDA

 

1. Medicina Interna (Kayachikitsa): Esta ramo de Ayurveda está relacionado com a mente e corpo. A teoria psicossomática reconhece que a mente pode criar a doença no corpo e vice-versa.

 

2. Ouvidos, nariz e garganta (Shalakya Tantra): Sushruta revela cerca de 72 doenças oftalmológicas, procedimentos cirúrgicos para todas as doenças oculares (ex. catarata, doenças da pálpebra), e para as doenças dos ouvidos, nariz e garganta.

 

3. Toxicologia (Vishagara-vairodh Tantra): Os tópicos incluem a poluição atmosférica e aquática, toxinas, minerais, vegetais e epidemias, bem como chaves para o reconhecimento dessas anomalias e seus antídotos.

 

4. Pediatria (Kaumara bhritya): Neste ramo de Ayurveda o cuidado pré-natal e pós-natal do bebê e da mãe são discutidos. Os tópicos incluem métodos de concepção; inteligência e constituição; e doenças da infância e obstetrícia.

 

5. Cirurgia (Shalya Tantra): Mais de 2.000 anos atrás, métodos sofisticados de cirurgia eram conhecidos. Esta informação se espalhou para o Egito, Grécia, Roma, e eventualmente em todo o mundo.

 

6. Psiquiatria (Bhuta Vidya): Um ramo de Ayurveda que lida especificamente com as doenças da mente (incluindo possessão de espiritos). Ervas, dieta, terapias de yoga (respiração, mantras, etc) fazem parte integrante dos processos de tratamento e cura.

 

7. Afrodisíacos (Vajikarana): Este ramo lida com dois aspectos: infertilidade (para aqueles que desejam engravidar) e o uso apropriado da energia sexual.

 

8. Rejuvenescimento (Rasayana): Prevenção de doenças e longevidade são discutidos neste ramo de Ayurveda. O objetivo é estar sempre sadio, e viver uma vida ética virtuosa.

 


Abhyanga
Massagem Ayurvédica

 

...e muito mais!

 

 

A Era de Kali

 


Srimad-Bhagavatam
Brilhante como o Sol

Kali-yuga é a era em que vivemos hoje, que começou a 5.000 anos atrás. Seres humanos de outras eras não tinham a necessidade de ler ou escrever livros porque a superioridade biológica deles era tal que nada era esquecido uma vez ouvido. Por isso a cultura antiga é chamada de cultura de Tradição Oral, porque todo conhecimento era transmitido oralmente.

 

Em outras eras as pessoas falavam praticamente cantando e em prose, algo que até mesmo um bom 'poeta' de hoje em dia tem uma certa dificuldade de fazer. Então que a própria capacidade biológica dos seres humanos da antiguidade era superior, e isso é apenas um exemplo básico da deterioração em Kali-yuga. Tanto que se admite que ninguém teria a capacidade mental nos dias de hoje de compor algo similar aos Vedas, que é tão grande, complexo, e carregado de conhecimento puro.

 

O que vemos como progresso tecnológico nesta era de Kali é apenas uma adaptação necessária devido as nossas inabilidades biológicas e mentais atuais, enquanto vivemos em uma era onde a maioria das pessoas depositam seus valores e interesses em coisas banais e de nenhum valor espiritual e moral verdadeiro. Sabendo disso, no começo de Kali-yuga, o sábio Vyasa compilou o conhecimento Védico para que a civilização humana vivendo nesta era decadente pudesse ter acesso à esse conhecimento precioso.

 

krisne sva-dhamopagate

dharma-jnanadibhih sha

kalau nasta-drsam esa

puranarko duhunoditah

 

"Este Bhagavata Purana é brilhante como o sol, e surgiu logo depois que o Senhor Krishna partiu para Sua própria morada, acompanhado pela religião, pelo conhecimento, etc. As pessoas que perderam a visão devido a densa escuridão da ignorância na era de Kali irão obter luz deste Purana."

 

—Srimad Bhagavatam, 1.3.43

 

5.000 ANOS ATRÁS

 


5.000 anos atrás...

"Esta é uma conversa entre Pariksit Maharaja e Sukadeva Gosvami. Maharaja Pariksit, 5.000 anos atrás, ele era o imperador de todo o mundo. Antigamente, até cinco mil anos atrás, o mundo inteiro estava sendo controlado e governado por reis, cuja capital era Hastinapura, Nova Delhi. Havia apenas uma bandeira, apenas um governante supremo [com sub-reinos], uma escritura, a escritura Védica. Os arianos, Arya, eles eram as pessoas civilizadas. Vocês europeus, americanos, também são arianos; indo-europeus de origem Aryana. Maharaja Tejasi [rei], neto de Maharaja Pariksit, ele deu para seus dois filhos a parte da Europa Oriental, Grega e Romana. Essa é a história, Mahabharata. Mahabharata quer dizer grande Índia. Então, não havia religião diferente. Era apenas uma religião, a religião Védica."

 

—Srila Prabhupada, Discurso, Srimad Bhagavatam, 19 Maio 1975 [vídeo]

 

"A atual cidade de Delhi era anteriormente conhecida como Hastinapura porque foi primeiramente estabelecida pelo rei Hasti."

 

—Srimad Bhagavatam, 1.4.6, Significado

 

Sucessão de reis: [...] Bharata, Bharadwaja, Hasti, Ajmeedh, Kuru, Jahnu, Shantanu, Vichitravirya, Chitrangada, Pandu, Yudhisthira, (início de Kali-yuga) Parikshit, Janamejaya,Tejasi, [...]

 

A SITUAÇÃO ATUAL

 

sri-suka uvaca

tatas canu-dinam dharmah

satyam saucam ksama daya

kalena balina rajan

nanksyaty ayur balam smrtih

 

"Sukadeva Gosvami disse: Então, ó rei, religião, limpeza, veracidade, tolerância, misericórdia, duração da vida, força física e memória irão diminuir dia a dia por causa da influência poderosa da era de Kali."

 

vittam eva kalau nrnam

janmacara-gunodayah

dharma-nyaya-vyavasthayam

karannam balam eva hi

 

"Em Kali-yuga, riqueza por si só será considerada o sinal de um bom nascimento, de boa conduta e boas qualidades. E a lei e a justiça será aplicada somente com base no poder de cada um."

 

dampatye 'bhirucir hetur

mayaiva vyavaharike

stritve pumstve ca hi ratir

vipratve sutram eva hi

 

"Homens e mulheres irão viver juntos apenas por causa da uma atração superficial, e sucesso nos negócios irá depender de enganação. Feminilidade e masculinidade serão julgados de acordo com a experiência do ato sexual, e um homem será conhecido como um brahmana [sacerdote] apenas por usar um cordão brahminico."

 

lingam evasrama-khyatav

anyonyapatti-karanam

avrttya nyaya-daurbalyam

panditye capalam vacahh

 

"A posição espiritual de uma pessoa será julgada apenas de acordo com símbolos externos, e com esta mesma base, as pessoas irão mudar de uma ordem espiritual para a próxima. A propriedade de uma pessoa será seriamente questionada se ele não tiver uma boa renda. E aquele que é muito esperto com malabarismo de palavras será considerado um erudito."

 

anadhyataivasadhutve

sadhutve dambha eva tu

svikara eva codvahe

snanam eva prasadhanam

 

"Uma pessoa será julgada profana se ela não tiver dinheiro, e hipocrisia será aceita como virtude. O casamento será feito simplesmente por acordos verbais, e uma pessoa irá pensar que ele está apto a aparecer em público mesmo sem nem sequer ter tomado um banho."

 

dure vary-ayanam tirtham

lavanyam kesa-dharanam

udaram-bharata svarthah

satyatve dharstyam eva hi

daksyam kutumba-bharanam

yaso 'rthe dharma-sevanam

 

"Um lugar sagrado será pensado de consistir de não mais que um reservatório de água localizado a uma distância, e beleza será pensada ser dependente do estilo de penteado de cabelo. Encher a barriga se tornará a meta da vida, e aquele que é audacioso será aceito como verdadeiro. Aquele que pode manter uma família será considerado como um homem perito, e os princípios da religião serão observados apenas por uma questão de reputação."

 

evam prajabhir dustabhir

akirne ksiti-mandale

brahma-vit-ksatra-sudranam

yo bali bhavita nrpah

 

"Enquanto a Terra torna-se assim cheia de uma população corrupta, quem quer que, entre qualquer das classes sociais mostra-se o mais forte, ganhará o poder político."

 

praja hi lubdhai rajanyair

nirghrnair dasyu-dharmabhih

acchinna-dara-dravina

yasyanti giri-kananam

 

"Perdendo suas esposas e propriedades para esses governantes gananciosos e impiedosos, que irão se comportar não melhores do que ladrões comuns, os cidadãos irão fugir para as montanhas e florestas."

 

—Sukadeva Gosvami, 3000 a.C., Srimad-Bhagavatam,  12.2.1-9

 

Continue: Memórias

 

compartilhar

 

                             

 

comentários